Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

Vi os dois últimos filmes da saga Crepúsculo

 

Eu não sou fã de vampiros. Os únicos vampiros que vi e adorei foram os vampiros da novela Vamp do Canal 2. Há muitos anos. Cheguei a comprar o livro Crepúsculo incentivada pelo fenómeno. Não gostei nada. Não fiquei impressionada, não suportei a Bella. Achei a rapariga a personagem mais sonsa que já tinha lido. Nem coloquei em hipótese comprar os outros livros. Depois vi o filme. E não gostei muito. A cara da Bella sem expressão irrita-me. Anos depois, impulsionada pelo entusiasmo de uma grande admiradora e pelo empréstimo dos filmes decidi dar uma segunda oportunidade. 

 

Gostei bastante da primeira parte do filme Amanhecer. Para quem não sabe o filme está dividido em duas partes. Na primeira parte mostra o casamento romântico da Bella com o Edward, lua de mel, gravidez. O vestido dela é bastante bonito. O foco desta primeira parte é a gravidez. No mundo encantado da Meyer os vampiros não conseguem engravidar os humanos mas este casal consegue tudo. Até nos consegue meter a rir em algumas partes. O filme está bom, agradou-me. O final deixa a ponta solta de forma a ficarmos à espera da segunda parte. No meu caso não foi preciso, tinha o segundo DVD à mão. 

 

Não gostei muito do segundo. Gostei mais do primeiro. Acho que a Meyer fez ali uma grande confusão, mas gostei da cena principal de combate entre os vampiros bons e os vampiros maus. Adoro quanto eles tiram as cabeças uns dos outros tipo "boneca da Barbie". Ploc! Achei piada a algumas coisas, mas na maioria fez-me ter sono. A cena do Jacob com o pai da Bella é ridícula. Tira a roupa toda para contar um segredo, era mesmo preciso? O pai da Bella faz figura de parvito, acredita em tudo. A Bella é a mais poderosa. Como??? A filha da Bella é meio mortal, meio imortal. Esta é para rir. Tirando estes pequenos pormenores que não consegui engolir até gostei de ver os filmes e não estou desiludida.

 

Continuo a não gostar muito de vampiros mas passei um bom serão vampiresco. 

Cinema | quero ver

Quando Carl Casper decide, de forma impulsiva,  despedir-se da função de Chef  de um conceituado restaurante de Los Angeles, por se recusar a abdicar da sua liberdade criativa - condição imposta pelo dono do restaurante - acaba por ir parar a Miami onde, em conjunto com a sua ex-mulher , o amigo Martin e o seu filho, decide abrir um novo negócio de restauração: uma roulotte de venda de comida. Carl faz-se assim à estrada de volta às suas raízes, para tentar reacender a sua paixão pela cozinha e o entusiasmo pela vida e pelo amor.
Chegaram com 15 anos à Europa vindos de África e com a promessa de que seriam estrelas de Futebol. Amadou e Moussa, amigos de infância, são descobertos no Mali por um olheiro, separados das suas famílias e trazidos para Madrid para triunfarem. Uma viagem por Espanha, Portugal e o norte da Europa que nos mostra os podres do mundo do futebol e a exploração das hipotéticas estrelas pelos agentes. Um negócio que deixará de trata-los como crianças para os ver como "Diamantes Negros".
inha quatro ou cinco anos de idade quando a minha mãe me deu o seu primeiro presente. Quando ela nos chama para o jantar, a mim e aos meus dois irmãos,  ela diz "Rapazes e Guilherme, para a mesa!" e a última vez que falei com ela ao telefone ela desligou dizendo "Um beijo, querida"; mas a verdade é que entre estas duas frases há alguns mal-entendidos.

WWZ Guerra Mundial

 

WWZ: Guerra Mundial. A estrela deste filme é o Brad Pitt. Caso não saibas, eu, Cláudia Oliveira sou doida pelo Leonardo DiCaprio e Brad Pit. Filmes com estes moços, vou ver. Mesmo que seja um filme sobre zombies, é o caso deste. Detesto zombies. São uma fantochada do pior.

 

Gostei deste filme, cheio de acção, com bons gráficos. Saltei várias vezes da cadeira, a minha pulsação acelerou imenso durante as cenas mais fortes. Fiquei a respeitar ainda mais o Brad Pitt. Quanto ao casal do trauma não me convenceu. Houve um beijo, um “amo-te” e pouca empatia entre eles. A despedida do casal foi pouco emocionante, o reencontro pior. Brad dá credibilidade. No geral, recomendo com alguma contenção. 

Impressões às primeiras cinquenta páginas

...
O filme "Carrie" vai estrear em Outubro. Gostei do trailer. Ontem, às três das manha, comecei a ler o livro (no Kobo) de Stephen King que serviu de roteiro para o filme. Estou a gostar imenso. A escrita é fluida, leve e perceptível. A personagem principal é bastante forte e sofre de bullying para além de ter um dom especial. Perturbante também é a mãe de Carrie. O livro é viciante, não dá vontade de parar. Acabo ainda hoje. Recomendo para quem quer um livro que mexa com os sentidos, seja viciante, com uma boa dose de mistério.

Primavera e os filmes

Uma Andorinha Fez a Primavera (DVD-Vídeo)

 

Classificação: Drama

Edição: 2008

Sinopse

Aos 30 anos, Sandrine é uma jovem determinada a viver o seu sonho: tornar-se agricultora. Deixa para trás Paris e o seu emprego de técnica informática por uma quinta isolada no planalto de Vercors. Para ela, tudo começa. Adrien é um velho camponês decidido a vender a sua exploração mas, cansado e desiludido, não tem vontade de transmitir o seu saber, sobretudo a uma parisiense. Cede-lhe a sua quinta mas não considera a hipótese de a ajudar. Para ele, tudo pode recomeçar.

 

Sinfonia de Primavera (DVD-Vídeo)

 

Classificação: Musicais

Edição: 2008

 

Sinopse

Século XIX. O filme narra a história do amor entre a jovem e famosa pianista, Clara Wieck (Nastassja Kinski) e o compositor Robert Schumann (Herbert Grönemeyer), como também a relação de amor-ódio entre Schumann e Friedrich Wieck (Rolf Hoppe), o pai de Clara, cujo amor pela filha supera o meramente paternal. Wieck pressiona Clara na sua carreira como pianista, num esforço para satisfazer as suas próprias ambições artísticas. Filmado na Alemanha, Áustria e França, o filme segue de forma fiel a carreira de Schumann, com um argumento magnífico baseado unicamente em fontes históricas. Um filme sobre paixões, numa mistura de amor, ódio e ambições artísticas.

 

 

Os dvds podem ser comprados na site wook.pt

O Estrondo 2 - o filme

 

Com apenas 600 euros fizeram um filme. Não aconselhado a pessoas sensíveis a esquisitas. Estive a ver o filme esta tarde e fartei-me de rir. Algumas coisas são um bocadinho parvas mas no geral o filme está bom, tem mais qualidade que muitas series, novelas e filmes da treta. É isto e chega.

Amour - o filme

<<Amour>>  é um filme que nos faz pensar. Tocante, pela sensibilidade da história. Forte, pelas cenas finais. Bom, pela fotografia, realização, história, actores. Gostei imenso. A parte chata do filme é a velocidade lenta com que desenrola. Torna-se meio chato, complicado de ver. No geral, é um filme bastante bom e recomendável. Fiquei impressionada com a interpretação dos actores e das cenas reais. O amor consegue ultrapassar tudo? O “para sempre” existe? Temos o direito de matar quem mais amamos por amor? Uma doença será a maior prova de esforço de todas? Perguntas e mais perguntas que o filme tenta responder, acabando por criar mais dúvidas.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D