Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

Aquele homem que nos fez chorar mais do que qualquer outro

Houve um dia em que todas fomos enganadas por um homem. Aquele que nos fez chorar mais litros de lágrimas do que qualquer outro. Aquele que mentia descaradamente mas nunca pusemos em causa em momento algum. Algum dia fomos a parvinha nas mãos de um homem. Ele brincou, pulou em cima do nosso coração já magoado e chafurdado na lama. Houve na nossa vida, na nossa curta vida, aquele estúpido que não nos ligou, não nos elogiou e ainda teve a lata de nos fazer uma cena de ciúmes sem razão. Nós, felizes, com migalhas. Migalhas que deviam ser dadas aos patos, nunca devíamos tolerar receber. As mulheres, verdade seja dita, temos a capacidade de amar como ninguém. Com o coração cheio de sonhos. Ferido, mas cheio de sonhos. Somos guerreiras nas mãos dos homens, pena não sabermos, por vezes, o nosso valor. Deixamos, deixamos até chegar ao limite. Qual é o limite? Não há limite no amor no mundo de um mulher. Um dia os sonhos acabam nas mãos do homem que mais lágrimas nos fez chorar. Nesse dia, a mulher percebe em que lugar está. Na porcaria do tempo que perdeu a lamentar a falta de amor ou atenção. Um pequeno gesto, não precisamos de mais. Tratamos tão mal o nosso coração, tão desprotegido. Não sabemos amar de outra forma. A verdade é essa. Vários dias à espera de uma decisão, de ver no olhar dele o amor que recebe. Esperar é o verbo preferido das mulheres apaixonadas. Sem pressas, com tempo, com muito tempo para chorar. Um dia, as lágrimas caem, acabam. Um dia, talvez não.  

 

Um dia aquele homem que nos fez chorar, chora. E quando isso acontece, a mulher não o ama mais.  

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D