Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

Pergunta da Semana : Anda o amor ao lado da dúvida?

 

Vá, já tinham saudades das perguntas da semana.

 

Tenho para mim que quando se ama alguém não existe dúvidas. Ou sim, ou sopas. Tenho ou não tenho razão? Ou muitas vezes o amor caminha lado a lado a dúvidas e questões do foro emocional? Tenho para mim que quando amamos, amamos. Se temos dúvidas, creio que ou gostamos um bocadinho como gostamos de um CD ou é uma coisa vaga. Tenho para mim que vocês têm uma resposta. Daquelas que só vocês sabem dar.  

5 comentários

  • Imagem de perfil

    Cláudia Oliveira 08.09.2009 13:00

    Há que questionar tudo dezenas de vezes então? Ora num dia ama-se, noutro já não se sabe e noutro afinal sim?
  • Imagem de perfil

    cigana 08.09.2009 13:34

    Se a oscilação for tão grande assim, poucas dúvidas restam...  Image
    Presumindo que há um certo equilíbrio e harmonia, mesmo assim há acontecimentos que nos fazem balançar e questionar tudo, e é bom questionar. Não se deve ter nada por garantido nem estagnar num relacionamento só para não criar ondas. Por isso, toda a gente atravessa fases de dúvidas. Cabe a cada um julgar a legitimidade das suas.
    Fiz-me entender?
  • Imagem de perfil

    Cláudia Oliveira 08.09.2009 15:55

    A questão aqui é: Quando alguém ama outra questiona o próprio sentimento? Não é questionar se ele é ou nao o tal. Porque isso nem sequer existe. É apenas se é compativel "amor e não sei bem se gosto".
  • Imagem de perfil

    cigana 08.09.2009 16:35

    Sim, quando se ama também se questiona se esse amor é verdadeiro, real, genuíno. Basta sentirmo-nos feridas, traídas, frustradas para nos questionarmos se não estamos a fantasiar sobre esse amor eterno.
    Não é estar no café a fumar a a pensar "Amo-o ou nem por isso?"Image
    É quando a dura realidade choca com as nossas românticas certezas que o mundo fica virado do avesso e tudo dentro de nós deixa de encaixar com a ideia que tinhamos desse amor.
    E depois, ou o puzzle volta a encaixar ou há peças irrecuperáveis, ainda que a relação volte a funcionar.
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    imagem de perfil

    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D