Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

Finalmente escutei-me

Existe um dia da semana em que as nossas conversas alongam-se depois do jantar. Normalmente é perto do fim de semana, perto dos feriados e com uma garrafa de vinho na mesa. Falamos muito, mais que nos outros dias. Coisas que nos lembramos, não contámos apesar de vivermos juntos. Estamos todos os dias, falamos todos os dias, jantamos juntos. Mas, nas noites em que acontecem essas conversas, a conversa caminha perto de assuntos diferentes. Assuntos sensíveis, importantes ou desagradáveis. Coisas que um e o outro adoramos filosofar. No meu caso, por mais voltas, o assunto é sempre o mesmo. Logo, guardo demasiadas coisas ou dou demasiada importância. As duas. Hoje disse-lhe que quando me acontece alguma coisa a primeira pessoa em quem penso, para contar, é ele. E é. O coração e o cérebro estão ligados, adicionando a sua qualidade para ouvir-me sem julgar-me prontamente. Também é só com ele que toco em assuntos vezes e vezes sem conta porque não tenho medo de ser repetitiva e sei que ele sabe mas também não diz (e eu agradeço) que o assunto ainda fere os meus sentidos, ainda revolta, ainda magoa. Conto-lhe tudo na esperança que um dia deixe de tocar neste maldito assunto. Eu sei que quando falo o assunto torna-se real, ao mesmo tempo sinto-me mais aliviada. Não estou à procura de uma resposta, procuro ouvir-me a dar esse assunto como encerrado. Esta semana vários episódios despontaram a minha necessidade de ter uma conversa longa, principalmente porque mudei a forma de agir em relação ao assunto, desisti de tentar compreender e dei por fim a minha tarefa. Deixa vez, falei mas escutei-me a falar.

 

Estou cansada de ouvir-te nas minhas palavras.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D