Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

«Liberal Arts» - o filme

 

Não sabia que filme ver a seguir. Escolhi o filme "Liberal Arts" depois de ver o post da Raquel. Fiquei curiosa. Ainda bem que o fiz. Adorei o filme, é simples mas forte. Mexeu comigo, agarrou no meu coração e espalmou-o com uma mão. Não é arrebatador, não é esse tipo de filme. É bonito. O actor Josh Radnor realizou o filme para além de entrar como protagonista. Entra uma das irmãs Olsen, a mais nova das gémeas Mary-Kate Olsen, a Elizabeth Olsen (Zibby). Só percebi que era ela quase no final do filme, não me lembrava. Faz o papel da rapariga nova que quer ser adulta e se apaixona por um rapaz mais velho (Jesse). Resumindo, Jesse é convidado por um antigo professor de faculdade para um jantar de despedida/reforma, conhece a Zibby e nasce uma aventura amorosa entre eles iniciada através de cartas depois do regresso de Jesse a casa. Acho que é um meus momentos preferidos, a descoberta da música clássica por parte do Jesse. Caminhar pelas ruas de NY com os phones nos ouvidos, descobrindo lugares e pessoas. Fiquei com vontade de ir dançar música clássica para o meio da rua, acreditam? Outro momento favorito é quando Jesse descobre que a Zibby leu uma trilogia de livros de vampiros e decide lê-los para a convencer que aquilo é má literatura. Após a leitura vão para um café debater o assunto usando argumentos diferentes mas não chegam a nenhuma conclusão. "Converse sobre o que ama, e revele o que não gosta". Jesse sente vergonha quando está a ler o livro de vampiros, disfarça com uma revista depois de ser apanhado pela sua ex professora de Literatura Romântica. Ele é um verdadeiro apreciador de literatura mas no final vai dar um excelente conselho a outro verdadeiro apreciador de literatura. Algo que todos os verdadeiros apreciadores de algo deviam receber esse conselho.

 

Para além dos protagonistas existem personagens secundários que são muito importantes nesta história.  Os temas abordados são a diferença de idades, gostos, opiniões e formas de ver a vida. Vale a pena. Para os apaixonados por livros (principalmente) ou não apaixonados, este filme é recomendado pela mensagem que transmite.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D