Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

Caderneta de Cromos- versão familiar

No fundo da rua existe uma casa onde vive a família Caderneta de Cromos dos Santos.

O chefe da família é o Sr. Sabe Tudo, sabe inglês-ucraniano, francês-espanhol e não deixa ninguém responder primeiro que ele quando está a dar o programa “Quem quer ser Milionário” na televisão. O Sr. Sabe Tudo é irritante, e sempre que vou jantar lá a casa tenho de ouvir a explicação sobre tudo e um bife. Como é feito o arroz, como são cultivadas as batatas da sopa e como é que o sol queima as pessoas na praia e merdas do género. Pessoas que sabem muito são chatas. Mais chatas são aquelas que não sabem nada. Eu sei.

A mãe Croma é despistada, sabe falar inglês correcto mas não acerta uma depois das seis e meia da tarde. Guarda tantas palavras dentro dela que já a vi quase a explodir saliva para cima dos pobres inocentes. É péssima a memorizar nomes, sabe o nome do filho mais novo e pouco mais.

Por falar em filho mais novo, é o Cromo Mais-Colorido-de-Todos. Tem sempre uma piada na ponta da língua e um alfinete na ponta dos dedos. Usa dois brincos em forma de rodas e um guiador na cabeça como chapéu. Só pensa em pedalar pela vida fora mas tem medo de sair do portão da quinta.

A filha mais nova é a Croma Lollipop. Usa tranças, tem duas bochechas coradas no rosto de tanto comer chupas-chupas. A timidez dá-lhe o tom mais baixo da Caderneta. Sempre ao seu lado está a irmã Cromo Cabelo-Fogo, sempre agarrada a uma mala rota e feia com muitos canudos e inteligência em caixas de tupperware.

No quarto dos fundos está o grupo das Cromas Olhares-Maléficos. Sempre que ouvem uma gargalhada têm comichão nas pernas e um problema no pescoço. São os Cromos mais tristes da Caderneta porque não gostam de ninguém. Gostar é o verbo mais próximo da felicidade.

A governanta da casa é a Croma Bochechas. Foi expulsa pelas Cromos Olhares-Maléficos por ser mais inteligente que elas. Tem as bochechas descaídas porque nunca treinou a gargalhada. O Cromo Mais-Colorido-de-Todos já tentou animar-lhe os dias mas ela só entende aquilo que diz, não escuta o que dizem os outros.

No sótão vivem dois Cromos Ratos. Um ratinho com as pernas mais compridas que o corpo. Um rato invisível com óculos. São amigos mas nunca conversam. Estão sempre com sono. Dão sono. Fazem sono. Na cave viva a Cromo Energias-Zero. Ninguém a visita porque está sempre de saída para ir apanhar o comboio.

O jardim é cuidado por duas Cromas moças, a Picasso e a Não-Percebi. Visitam a quinta da família Caderneta de Cromos três vezes por semana. Uma ri, a outra sorri. Uma tem dor nas costas, a outra nos rins. São muito amigas do Cromo Mais-Colorido-de-Todos porque conhecem a importância de deixar a tristeza noutro lugar e ser feliz.

Ser feliz é rir com alguém. Que lugar melhor que uma casa cheia de Cromos?

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D