Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

quem não quer saber de mim não precisa de ler este texto

Tenho-me portado lindamente. Parece que cresci e deixei de andar perdida.

 

No trabalho, sou trabalhadora. Já não uso nem abuso da blogoesfera. também tenho os sites bloqueados mas isso agora não interessa nada. Não chego atrasada como antes, acordo mais cedo, não interessa a hora que me deito. Às vezes, nem consigo dormir mas lá estou, bem cedo. Raramente deixo trabalho acumulado, mesmo a fazer trabalho de DUAS ( para além das chamadas telefónicas). E valor? Ninguém dá. É um pouco frustrante mas sigo de consciência limpa. Campo laboral, check.

 

No plano amoroso continuo a mesma ciumenta de sempre mas já sei respirar fundo antes de me passar. Sei controlar a tensão, apesar de ainda não ser na maioria das vezes. Sei escutar e dar um beijo na testa no meio dos problemas. Já não me preocupa a entrega total, sinto que uma relação estável é a base para o resto. Cozinho com vontade. Escolho prioridades e consigo aguentar as consequências. Por vezes, custa mas passa. Moldei-me, aprendi e cresci. Atrapalho-me ainda com os pensamentos acerca do futuro mas acho que vou continuar a ser uma pessoa preocupada para sempre. Campo amoroso, check ( vezes cinquenta).

 

As grandes amizades continuam as mesmas. Os meus queridos ( Marta e Miguel) sempre comigo aconteça o que acontecer. Um com mais paciência que outro, um com mais disponibilidade que outro, mas presentes. A vida muda mas a amizade prevalece. Sinto que não errei nenhuma das vezes e continuo uma amiga fiel. Houve uma fase em que ganhei alguns amigos que logo percebi que eram amigos da onça e não valia a pena investir. Existem pessoas que não valem a pena. Conheço mais pessoas que enriquecem o meu dia a dia mas não os considero amigos. Amizade, check.

 

Em relação à escrita, hoje sonhei que a minha companheira de escrita ( oh Maria!!!) colocava um anúncio no Facebook a pedir outra colaboradora para escrever um livro. Pois é, a escrita está um bocado posta de lado, assim como os livros. Está relacionado com a fase que estou a atravessar. E depois, a internet não me larga (ahahah). Escrita, nada.

 

Os vícios no presente são outros mas nem sequer são merecedores de entrar neste texto de tão fúteis.

 

O meu lema de vida mudou de "Nada é por acaso" para "Não se pode controlar tudo". Decididamente.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D