Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

Dez dicas para o regresso às aulas

 

Estilo – Mais importante que a tua roupa o estudo deve ser a tua prioridade. Sentires-te bem quando olhas ao espelho é importante, mas a escola não é um desfile de moda.

 

Está atento durante as aulas – Isso vai ajudar-te muito na hora de estudares e a reter muita matéria.

 

Material escolar – Não vais querer levar falta de material ou seres tomado por um aluno pouco dedicado.

 

Seres simpático – A arrogância afasta as pessoas.

 

Não faltares – Óbvio.

 

Dúvidas – Se és tímido(a) espero pelo final da aula para colocar aquela pergunta que deixaste de fazer. Somas pontos.

 

Dedicação – A disciplina é importante, durante uma/duas horas diárias foca-te somente na matéria.

 

Sem redes sociais – Durante aulas não é o momento certo para actualizares o estado do teu Facebook. Nas horas de estudo, as redes sociais ficam desligadas para não existir distracções.

 

Diverte-te – Tens de ter o teu momento de descontracção com os amigos. Para ler um livro, ouvir música. Premeia-te depois de muito estudo.

 

Apontamentos – Anota tudo o que consideres importante, nem sempre a memória consegue registar tanta informação. Na hora de estudar para os testes é mais fácil.

A Miley Cyrus e o exagero de algumas estrelas

 

A Miley Cyrus quer acabar com a imagem da Ana Montanha. Acho bem, chega uma altura da nossa vida que queremos mudar alguma coisa, mostrar o que somos, ter actos de rebeldia, sair do armário. A miúda está a crescer e aquela imagem de pita boazinha enjoou. Então a Miley corta o cabelo à Pink, começa a abanar o rabo, faz um videoclip todo maluco, deita a língua de fora a cada dois segundos e pensa que desta forma vai ser uma mulher cheia de estilo. A cereja do bolo é a miserável prestação que ela teve nos prémios MTV. Começou logo no tapete vermelho com a língua a chegar ao nariz. Mas mau, mauzinho, foi o show. Eu gosto da música, acho o videoclip divertido (muito Rihanna na verdade) e acho que a miúda é só uma miúda. O show foi péssimo. Simulação de masturbação? Rabo aberto? Língua de fora? Pernas abertas? Só figuras tristes, na tentativa de chocar, aparecer nas capas, ser criticada, sei lá.

 

 Miley, não precisas disso. A ideia que passas é de vulgaridade. Isso não é ser original, é ser só parvo. 

Cheiros bons e maus

O cheiro que mais detesto, perfume de coco da Yves Rocher. Lembro-me de estar na sala de aula e a maioria das raparigas da minha turma terem esse cheiro. Uma festa enjoativa, na verdade. Chegou a ser moda, os corredores daquela escola não deviam conhecer outro cheiro. Nunca comprei o dito perfume de cor branca. Aliás, acho o perfume horrível. Nessa altura a minha tia da América enviou-me um perfume Chanel que durou até aos meus 22 anos. O cheiro também não é o melhor na opinião da maioria mas eu adorava e adoro. São gostos. Agora ando viciada no perfume Narciso Rodriguez, estive a ver os preços, 30ml por cinquenta euros. Os perfumes são caros, mas são um bom investimento. Adoro cheiros bons. Adoro gente que cheira bem sem exagero.

Um bocadinho da minha (nossa) infância durante o ano

Ao contrário das férias de Verão tenho imensas recordações de infância. Foi uma infância altamente. Fazíamos cabanas (a palavra cabana remete-me de imediato ao corte na mão do Fred). Jogávamos às escondidas em casas em construção (escondidas remete-me de imediato para um prego no pé). Jogámos aos jogos típicos de putos. Brincávamos ao fim do mundo, à novela Escrava Isaura, íamos para casa do Fred para fazermos panquecas, íamos para o rio, subíamos gruas, rastejávamos entre túneis, íamos para a floresta mágica (FM forever), fazíamos grupos de dança, encontrávamos cães bebés, fazíamos de uma casa velha a nossa casa, inventávamos jogos, íamos às nêsperas, íamos para os telhados comer bolachas e beber café, Lilianaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa.

 

Provavelmente a maioria das situações ocorreu durante as férias mas sinceramente não me lembro, esta foi a minha infância (um pouco) independentemente da estação.

Regresso às aulas

O melhor do regresso às aulas é o material novo. Os cadernos, as borrachas, as canetas de tinta colorida, o estojo, os livros a cheirar a novo. Se for ano de estrear uma mochila nova melhor ainda. É a cereja no topo do bolo. O cuidado é extremo, a vontade maior que a preguiça. Ninguém aguenta três meses de férias. Eu não ia a festas, não bebia, não ganhava mesada para meter-me numa esplanada. Dias na terrinha, com os amigos que sobravam. Idas esporádicas à praia, à piscina. Uma vez fui a pé de Alenquer ao Carregado (eu e os amigos, coitados) atrás da minha irmã que por acaso apanhou boleia. Tenho poucas memórias das minhas férias, deviam ser iguais aos meus fins-de-semana. Não tinha internet, passava os dias metida na biblioteca. Regressar à escola era sinónimo de rever os amigos e ter alguma agitação social. Conhecer os professores e decidir qual deles ia fazer-me a vida num inferno. Ficar a conhecer as caras novas do recreio. Estou a referir-me aos tempos do ensino básico, no secundário as coisas mudavam um bocadinho de figura mas pouco mais. Haviam os convívios, ir a um convívio era alcançar o estatuto de quase adulto. Assim como sair da escola e ir almoçar ao restaurante. Detestava apanhar o autocarro, acordar cedo. No fundo, o entusiasmo esmorecia ao fim de uma semana, quando os cadernos ficavam cheios de rabiscos e começavam a chover os TPC’s.

 

Aproveitem as férias, vão ter muito tempo para o resto.

 

Comprei um livro best seller e não estou a gostar da leitura

 

É horrível gastar dinheiro com um livro de seiscentas páginas de uma editora conceituada e de confiança, após vários elogios pela internet, chegar à página duzentos e estar arrependida. Estou preocupada. Como é que vou acabar este livro? Largá-lo não faz parte dos planos porque quero conhecer o final. Aliás, já sei o final. Gastei vinte euros. Quero fazer um vídeo sobre ele para o canal no Youtube. A premissa é interessante, prometia tudo. Falhou redondamente quando o autor passou a repetir informações página após página para encher chouriços. Para além disso, o romance que serve de fio condutor para o enredo não tem consistência, assim como alguns personagens. A qualidade é fraca, imensos lugares comuns, diálogos péssimos, um verdadeiro fiasco. Quem me manda a mim comprar livros sem qualquer tipo de pesquisa aprofundada quando o autor é um desconhecido? Quem me manda a mim comprar livros seduzida pelo top de vendas e campanha publicitária? Entendo os motivos do livro ser do agrado da maioria dos leitores, é fácil de ler tal Nora Roberts, Nicholas Sparks ou Dan Brown. Ideal para as férias. Não há mal nenhum, mas algo está errado. Estão a ver por que prefiro os clássicos? Não desiludem a minha pessoa. É difícil encontrar literatura contemporânea de boa qualidade. Felizmente tenho encontrado na literatura portuguesa, pouco mais. Mais uma desilusão literária. E desta forma, a editora Alfaguara espeta um marcador no coração de uma leitora que a estimava. 

Très bien

A família chegou de França, juntou-se para festejar o aniversário da minha prima de 10 anos. A casa da minha mãe estava cheia. Não me lembro de estarmos todos juntos há tanto tempo. Foi tão bom estar na conversa com eles, rir, saber deles. Trocar ideias, falar nos nomes escolhidos para a criança, saber do meu irmão que já não o via há imenso tempo, ver o namorico mais recente da família todo romântico. Cheguei cansada a casa de tanto rir. Foi um fartote. E assim as pessoas ficam mais unidas e a palavra família tem sentido.

Pág. 1/4

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D