Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

Sr. Almoço

Serve este post para informar de um novo serviço feito pela empresa Brilha no conselho de Alenquer. O Sr. Almoço, com o custo de uma refeição de 3.99€ (prato+salada+pão). Entregam a refeição em casa ou empresa. Dá muito jeito. Têm dois pratos à disposição (carne e peixe), várias sobremesas, bebidas, fruta e sopa. A encomenda é feita no dia anterior ou numa semana para a semana seguinte. O pagamento é feito na semana seguinte. O prato é bem aviado. Podem cancelar a entrega até às nove do dia seguinte. É uma boa ideia, não?

Email: sr.almoco(arroba)brilha.com

"Os Miseráveis"

Ando a ler “Os Miseráveis” de Victor Hugo. O musical está quase a chegar e eu quero fazer as coisas em condições. Ao contrário do que fiz o filme “On the Road” e o livro do autor Jack Kerouac. Ainda nem li o livro e já vi o filme. A miúda do Crepúsculo surpreende-me, gosto dela, anda a vestir-se melhor, tem um ar dês lavado e composto. Como é que consegue? É gira, apesar da falta de sorriso. É sexy, pá. O filme inspirou-me, nem sei muito bem explicar como. Têm de ver. Se gostam de escrever, têm de ver. Se gostar de pessoas, têm de ver.  Se gostam de pessoas e álcool, têm de ver. Ando a ler “Os Miseráveis”, a minha vontade é sair à rua e bater de porta em porta a oferecer um exemplar a todos. Com 90 páginas lidas, dois personagens fantásticos. Carlos Myriel, o bispo. João, o forçado. Victor Hugo é um autor completo, escreve brilhantemente, caracteriza muito bem os personagens, detalha aspetos importantes para a história sem ser chato/aborrecido, faz pensar, questiona, fala com os leitores, é doce e amargo, é carinhoso e frio. Estou adorar. Tenho pela frente mil páginas de muito prazer. Ah, confesso, já vi o primeiro filme “Os Miseráveis”, presumo que sei como vai acabar mas o filme não vale muito em relação ao livro. Aposto que o musical vai ser melhor que o filme que vi mas não vai superar o livro. É isto.

Natal e a Nintendo

Costumo fazer uma lista mental todos os anos para a época do Natal. Normalmente sei o que quero, o que não quero e o que vou querer daqui a uns sete anos e dois dias. Este ano estou murcha, já não tenho aquela criança gritante dentro de mim “ pede uma Nintendo, pede uma Nintendo…”. Cala-te com isso. Ninguém quer saber de Nintendos com Iphones. Os Iphones transmitem paz, amor, felicidade, tudo o que há de bom no Mundo. Livros, nunca falha mas admito que tenho centenas de livros na estante por ler.

uma aventura no youtube

O complicado de fazer vídeos literários é tirar os livros e voltar a meter os livros na estante. Só de escrever já me dói as costas. É com muito gosto que mantenho o canal mas só quem tem um canal sabe o trabalho que dá. Pensar em ideias, editar,cortar,repetir,gravar,meter uma cara em condições,não arrotar, não soluçar,esperar que ninguém nos ligue. Por aí. Hoje tive uma agradável surpresa quando vi o vídeo da Denise a fazer uma homenagem à minha pessoa com uma paisagem linda diretamente do Brasil. Palavras tão doces. Tão bom. Ontem, falei com a Valéria que foi muito querida. O Michel Souza fez a minha nova vinheta para o canal. Está tãoooooooooooo gira! Obrigada Michel, agora já tenho um canal um pouco mais profissional. Bendita ideia que eu tive de me meter no Youtube (e cagar em quem não me quer bem).

roupa básica

Querida Senhora Lisa das Roupas obrigada por continuares a iluminar as senhoras da costura a fazer camisolas básicas e fofinhas. Obrigada por não te esqueceres das pessoas que não andam de tachas, picos e/ou berloques (fartaaaaaaaaaaaa). Nesta compra de camisolas básicas percebi duas coisas:

 

- não tiro as etiquetas de imediato com medo de me arrepender e querer trocar (mas nunca troco).

- dou várias festas como se as camisolas fossem gatinhos.

 

 

...

Estava a gravar um vídeo quando comecei a reparar que a imagem transmitida pela câmara estava a ficar menos visível. Estava a desaparecer. Apanhei um susto daqueles. A minha cabeça conseguiu saltar de um filme de terror: "pronto, agora é que me lixei e vou ser enviada para um planeta cheio de cães" para a realidade que é uma espécie de filme de terror: "a minha câmara estragou-se". Comecei logo a chorar para dentro, não choro para fora porque fui treinada para segurar as emoções por causa de bens materiais (para além de achar fútil e parvo), depois tentei arranjar um culpado (não consegui) e já na reta final pensei que a câmara ia ficar boa e que não tinha que me preocupar (o mundo não ia ser injusto comigo, agora que uma pessoa andava entusiasmada com o canal). Fui arrumar roupa, sempre a fugir com o pensamento daquele drama material. Fui comer. Fui lavar o chão. Quando voltei a pegar na câmara os cinco metros quadrados à minha volta voltaram a ficar cor-de-rosa e fui feliz para sempre. Era só um bocado de humidade na lente.

 

Se tivesse levado a minha vida sempre com este género de atitude tinha mijado menos na cama e poupado o meu estômago de muita coisa. Mas já está, já aprendi.

a minha língua está suja

Ok, lá vem a má língua. Aviso desde já que é um língua com um corte (caí na escola primária e foi lixado) e com um bocado de vodka. Adiante, cá vai. Vejo vídeos no youtube (e???) e adoro (gosto,vá!) ver aqueles vídeos onde as moças mostram as roupas, sapatos, cenas giras, cortes de cabelo. É verdade, eu gosto de ver. Alías, prefiro ver isto que meter-me à janela ou falar na vida dos outros ( mas costumo comentar a roupa da Rita Pereira). Vai daí, costumo assistir a um canal onde a moça é a coisa mais exagerada de sempre na roupa que escolhe (são gostos, na boa). A moça fez um vídeo onde fala no seu novo penteado: pintou, fez um ombré, whatever,... Durante o vídeo ela diz o seguinte: "meninas, não se preocupem porque o meu cabelo não vai ficar muito claro!". What!?? Mas quem é que disse a esta gente que quem vê os seus vídeos se preocupa com quer que seja em relação aos seus cabelos, cor das unhas ou calos nos pés? Isso só me faz lembrar aquelas bloggers que desaperecem, ficam doentes e depois enchem o blog com pedidos de desculpa por desaparecerem, para além de justificarem tudo. Quem é que se importa? Aliás, vocês são o quê?

a minha irmã também gosta do Natal

A minha irmã ligou-me a perguntar onde ia passar o Natal. Não sou a única a pensar/desejar/pedir o Natal. É bom saber que ainda não se perdeu a vontade de festejar o Natal nesta família apesar de muitos “ses” e “mas”. Sim senhora, é bonito comermos apertadinhos sem hipocrisia. Somos iguais uns para os outros, não nos transformamos em “madres teresas” naquela noite. O Pai natal aparece, que é como quem diz, visto-me de pai natal magrinho e de óculos de sol para disfarçar. Venha o Natal, gosto imenso. Devia ser Natal todos os meses só para ver a minha irmã pequena e a minha sobrinha rir às gargalhadas.

...

Não quero gastar dinheiro na mensalidade de um ginásio. Para além disso, não gosto do barulho e calor do ginásio. Tenho dois programas para fazer exercícios em casa mas o pijama quando cola já não descola. Correr pela avenida fora está fora de questão se não for no Brasil. Portanto, cara amiga, vou deixar-me engordar. No Verão logo se vê, quando não conseguir meter o rabo no cuecão ou parecer uma grávida de quatro meses permanente.

Crónica da mulher de unha partida

Tenho andado super ocupada com o programa de televisão. Reunião em cima de reunião, uma confusão. Os saltos altos não ajudam, tu sabes. Já não posso pagar a uma empregada para limpar a minha casa, tenho de ser a sujar as mãos. A estragar as unhas, a esfolar os joelhos. O diretor de programas esteve a falar comigo e felicitou-me pelo sucesso do programa. Achei sensacional, fiquei toda babada. Estraguei um vestido emprestado por uma marca conhecida, a dona da loja ficou piursa mas já se acalmou. Não tenho tempo para namoros. Nem fazer comida. E uma coisa sem a outra não dá. Uma mulher que não cozinha para o seu namorado é como um namorado que não passeia com a sua mulher. É uma coisa sem pés nem cabeça mas é a minha ideia.  Minha mãe sempre me ensinou coisas do género. Hoje tenho um jantar com o chefe de outra estação televisiva, espero que me façam uma boa proposta. Cansei-me dos meus colegas, canso-me facilmente das pessoas. Todos os dias, quando bebo café, tenho o magrinho do Carlitos à perna. Fala pelos cotovelos. Fala sobre coisas que não me interessam sequer. Livros e jornais. Revistas sim, adoro. Livros? Puff, só li dois livros na minha vida. Os livros não ensinam a magia da vida. Parti duas unhas, esse é o meu maior problema.

Pág. 1/4

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D