Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

todos os anos nesta altura...

Não venho de uma família rica. Não escrevo isto para ganhar um concurso ou para votarem em mim. Não. É verdade. A minha mãe casou-se cedo e eu nasci numa altura má. Ela tinha dezoito anos e sabem como funcionavam as coisas, “filho significa casar”. Depois da minha pequena pessoa, chegaram mais dois. As dificuldades apareceram mas nunca faltou comida. Andei vestida com roupa dada por pessoas que tinham a mais. Deixei o infantário mais cedo que os meus amigos. Usei a mesma mochila durante quatro anos. Fui ajudada pelo apoio social da escola. Percebi bem cedo que a vida não é fácil e o dinheiro não cai do céu. Talvez por isso consiga dar valor a tudo o que consegui, a tudo o que me dão. Sei reconhecer humildade nos pequenos detalhes, em pequenas frases e distinguir a farsa da verdade. Reconheço que não sou melhor que as pessoas que nunca passaram por nada do género mas estou sem dúvida mais preparada para qualquer obstáculo. E quando uma situação me diz “não” , não aceito por mais que a tendência seja “ já estou habituada”. Sei que as pessoas com a sorte de vida vão chorar quando acontecer um pequeno acidente enquanto eu vou encolher os ombros e pensar “para a próxima consigo”. 

 

Hoje é dia das crianças andarem de porta em porta a pedir doces ou travessuras. Recordo este dia com alguma tristeza e saudade. A primeira vez que andei a brincar ao dia das bruxas foi depois do meu pai falecer. Recordo-me dos olhares de pena, da quantidade de doces que recebi naquele dia. “Coitadinha que ficou sem pai muito cedo”. Nunca mais quero sentir o que senti, obrigada. Tenho a coragem suficiente de baixar a cabeça e pedir ajuda quando preciso e quando não vejo outra solução, caso contrário prefiro calar-me e resolver tudo sozinha só para não voltar a sentir o que este dia me costuma relembrar todos os anos.

...

Em casa podes calçar o que quiseres. Tanto faz. Os vizinhos não costumam bater à porta hoje em dia para pedir arroz ou sal. Nem os tios da Suiça aparecem sem avisar pelo Facebook. Estás à vontade. Eu, por exemplo, sou gozada na minha própria casa por ter estas botas calçadas mas aguento bem a pressão. O estilo está todo cá dentro e não será por uma falha invernil que vou virar a mais mal vestida do concelho. Os pés querem-se quentes, que digam os solteiros.

...

Não me reconheço. Submissa a um sentimento. Não me reconheço presa ao presente sem medo do futuro. Não sei quem sou. Não sei o que fui. Onde estou no meio de tudo o que me está acontecer. Não me perco a pensar mas gostaria. Adoraria ver-me novamente.

o Kadhafi foi capturado

O Mundo é grande, tem muita gente, tem pessoas a mais e pessoas a menos. Não faltam lugares para te esconderes. Tem disfarces e consegue enganar. Não por muito tempo. Todos podem fugir, mas nunca se podem esconder. É como correr, correr, correr e não chegar a lado nenhum. O Kadhafi podia ter feito uma cirurgia e fingir que era uma moça qualquer por terras de Itália mas preferiu ser apanhado.

 

Enquanto foges, o problema vai saltanto de cidade em cidade até ser apanhado.

Pág. 1/3

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D