Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

[ a toalha tem o teu cheiro, estou a falar a sério mas isso não tem nada a ver com o texto ]

 

 

Quando entrei na banheira o objectivo era somente fumar um cigarro e beber um copo mas deixei de fumar e não ia beber de estômago vazio. O objectivo era esse e pensar, chegar a alguma conclusão, a alguma coisa. Meti a água quente, no máximo, cheguei a queimar a barriga. Tem marca. Como se tivesse ido à praia sem ir. Sentei-me e estive ali alguns minutos, longos minutos. Se alguém me ligar não vou atender. Se alguém me disser olá não quero saber. Se alguém morrer não vou ao funeral. Se ficar sozinha não faz mal. Se existir um terramoto agora não saio daqui. Passou por mim. Juro que passou. Pensamentos que foram levados com a água. Se cheguei a alguma conclusão? Não. Para que queremos explicações para tudo? Não servem para nada. As perguntas nem sempre têm de ter resposta, perde-se muito tempo a elaborar teorias sobre tudo, tudo, tudo, tudo.  Não somos Deus, nem Ele sabe  muito bem por que colocou uma árvore com maças com sabor a pecado de modo a complicar a vida a todos nós mas colocou. E ninguém O acusa de não ter plantado morangos em vez das maçãs. Aceitam os factos e pronto. É assim. Devia ser assim.

 

 

#idontunderstandwhy

 

 

Não entendo as pessoas. A minha cabeça pequenina entendeu que as pessoas só pedem conselhos porque são de borla. Porque não têm mais nada para fazer, ou conversar. Então vai de pedir conselhos com cara de carneiro mal morto e aliviar a culpa. A maior parte das pessoas já tem as respostas ao problema mas teimam, teimam, teimam em chatear os outros com repetições. Não aprendem a lição à primeira, nem à segunda ou adoram andar metidas em papéis ridículos. Para quê? A pessoa que dá conselhos também é pessoa, e magoa-se muito quando repete, repete, repete conselhos de ouro/diamante (dados de borla) a pessoas que agarram nas suas palavras e limpam o rabinho.As pessoas são pessoas, não andam cá a servir de papel higiénico para limpar a merdinha que os outros fazer porque sim.

 

...

 

 

Sou muita forte, sei elogiar garinas. Principalmente por email e sms. Uuuuu, sou o Zézé Camesseger. Um sucesso em qualquer lado do Mundo. Deixo as brazucas malucas e as do leste a trepar paredes. Sou um delírio, um morango com um grande LOL na cabeça. Sou um :) sorriso, um beijo na boca @ mas o meu trunfo é clicar no Gosto do Facebook. Elas adoram-me, mas nunca me viram.

 

...

 

 

 Já no tempo dos reis, cavalos e castelos as mulheres eram astutas. Sabiam como enfrentar a força do homem, como dar a volta à situação que as colocava em perigo. Há muitos anos que as mulheres (algumas) usam a melhor qualidade que têm contra a força física dos homens,  usam a inteligência, a força intelectual. No meu ponto de vista, é só o método mais eficaz. E sem lágrimas, se faz favor. As lágrimas estragam tudo.

 

 

[ amar não é correr sozinho ]

 

 

Quem corre por gosto não cansa? Cansa sim. Vejamos. Pensa bem. Sério. Pensa bem. Tens a certeza que não cansa? Então experimenta correr em círculos. É igual ao que estás a fazer. Cansa. Desgasta. Chateia. Quando te estás a equipar parece divertido. Quando tens um objectivo é motivante. Quando tens um caminho também. Em círculos? Ninguém quer correr muito e não chegar a qualquer lugar. Tu não és excepção.

 

...

 

 

Todos os anos é a mesma porcaria. Senhas, um desastre. Quero fazer o IRS, para variar esqueço-me ou perco a senha. Todos os anos peço senhas novas. Devo estar na lista negra das senhas perdidas. Tento recuperar a senha e nunca me lembro das respostas às perguntas. "Qual é a tua peça preferida?". Sei lá qual foi a minha peça preferida no ano passado. Este ano é o meu computador e o corta unhas. Não me lembro. Os gostos mudam. "Qual a cidade onde nasceste?". Coloco Vila Franca de Xira e dá errado. Tenho a mania das respostas originais, se calhar meti na cidade das maravilhas. Não. Esquece. Eu e as senhas? Sem compatibilidade possível. Dou-me melhor com os pins. Um bocadinho melhor.

 

...

 

 

É muita maldade a minha mala decidir rebentar no meio da rua. Cheia. Para ajudar é bom estar longe de casa e ter de carregar tudo debaixo do braço, com mais dois sacos cheios. Lixo com ela. A ver se deixo de andar com a casa às costa da próxima. A ver se deixo crescer o cabelomailindo sempre na sua forma natural. Quantas se podem gabar disso? A culpa são das fotos e coiso. Fico maislinda com o sexy hair. Não é uma grande diferença porque não se fazem milagres mas tenta-se. Este cabelomaiscurto dá-me trabalho e eu não gosto de trabalho. Para trabalho já me chega o trabalho. E o meu namorado.

 

...

 

 

Vizinho da frente, espero que tenhas internet e leias o meu blogue. Como nunca te vejo deixo aqui o meu recado. BAIXA A PUTA DA MÚSICA. EU TRABALHO, TENHO DIREITO DE DORMIR DESCANSADA, SEM OUVIR OS SCORPIONS À UMA DA MANHÃ. NÃO ME ENERVES. TENHO ALI OS CDS DO RANCHO FOLCLÓRICO DE ALENQUER.

 

...

 

 

Preciso de dormir a teu lado todas as noites. Só isso. Traz-me a noite embalada nos teus braços. Prometo desejar-te boa noite ao ouvido. Olhar-te com a cabeça deitada na almofada. Deixa-me desejar-te boa noite de noite, durante a noite, pela noite.

 

Pág. 1/3

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D