Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

eu sei que é chato

Quando estou a pagar gosto de ser bem atendida. Obviamente, como qualquer ser humano. Mesmo quando não estou a pagar gosto de educação, por exemplo. Não custa nada dizer boa tarde, e no fim obrigada, se for o caso. Não custa nada olhar nos olhos quando se entrega o produto ao cliente. Mesmo quando o cliente não é o melhor do Mundo mas por acaso é cliente. Não suporto gente que não sabe atender, gente que bufa atras do balcão porque não tem a vida boa do rico ou porque está com azia da vida. Eu também não sou rica, em vez de mandar o empregado comprar, vou eu mesma. Não tenho empregado e trabalho para ter o que consigo.  E não sendo injusta, existem ricos educados (acho). Vá lá, não custa nada largar a conversa sobre a vida da vizinha e atender os clientes. Simples.

pode ser?

Não podes morrer. Faz o favor de inventar a imortalidade. Não sei o que seria de mim sem ti. O teu irmão não te vai pedir para o ires buscar numa noite fria. Não vais ter um acidente. Ninguém me vai dizer que nunca mais te vou ver. Escuta, não quero o dinheiro de volta, se isso acontecer. Sabes que é para o nosso sonho em comum. Portanto, faz como quiseres mas tenho direito em fazer-te feliz, tu tens o dever de te manter ao meu lado até seres velhinho. Não deixes que a minha história se repita.

o meu Natal

 

O Natal correu bem. O jantar foi um pouco choramingas. Já na casa da irmã recebi uma caixa de chocapic com uma prenda bem cheirosa lá dentro. Original, é certo. O que eu gosto de ser surpreendida. Recebi poucas mas boas, oferecidas com muito amor. Foi bom oferecer prendas às pessoas que me acompanham durante todo o ano. Foram bom os abraços, essencialmente isso. Estou feliz. Valeu.

obrigada

Tão forte o meu amor por nós. Acordar e pensar,"és tu o que faltava para saber o que andava a faltar na minha vida", não apenas acordar mas sentir. És o melhor ser que a vida me quis dar para partilhar a vida, vieste mostrar que também sou melhor a entregar-me de corpo e alma e sem medo de não ser amada com a mesma vontade. Amo-te, agora que conheço a verdade sobre o amor.

é amor

O meu namorado não tinha árvore de Natal até ontem. Fui com ele à loja de decoração mais próxima e vai de comprar bolas prata e verdes. Luzes e a estrela para o topo. E claro, a árvore. Barata, tão mais barata. Fomos para casa colocar mãos ao trabalho. Ficou linda. Ficámos ambos orgulhosos. Os presentes já estão por baixo. As luzes acesas. No fim, sussurou "obrigado". Sei o que quis dizer,mas não tem nada que agradecer. É amor.

este ano no Natal

Busco todos os anos um Natal perfeito, uma ceia como deve ser mas nada disso chega acontecer. É por isso que anseio a minha própria família, para ter um Natal completo como outrora. Foi há tanto tempo. Não tenho um Natal infeliz, existem amigos e pessoas que adoro por perto. Sortuda. Este ano, com a sobrinha a perceber que tem uma surpresa. Com o meu amor, a partilhar comigo esta quadra pela primeira vez de forma diferente. O que já procurei a minha prenda... Falta tão pouco.

sem falar

Não gosto nada de discutir contigo. São raras as vezes mas quando acontece parece uma bomba a explodir nas nossas mãos. Afastando-me para longe, levando-me para caminhos da solidão. Bem ao meu género. Dramatizo tanto. Fico vazia. Depois é como a flor lá de casa. Regar devagarinho. Com cuidado.

ai destino

Não tenho medo dos obstaculos. Se o destino quer saber se estou preparada que venha, que me coloque à prova. Que coloque os piores, o mal, o bom, o muito bom, a mentira e a verdade. Ontem, foi assim. Toma lá o teu passado e vê o que queres fazer com ele. Só posso agradecer.

as mulheres não são assim

Só existe um tipo de mulher, o resto são crianças a desejarem ser mulheres. A desejarem ser igual a esta ou aquela mas infelizmente não conseguem. Fazem figuras tristes ao irem espreitar o facebook dos outros, fazem figuras tristes a gritar na rua "sou a maior" (não és, já te disse que não és), fazem figuras ao mendigar amizade de alguém que não está interessada (eu, não estou, deixa lá o convite). Sei que dói não ter uma vida gira para viver, aos cinco anos também pensava assim, mas não posso dar a minha. Querias, eu sei.

 

Conclusão, só existe um tipo de mulher. Lá chegarás.

Pág. 1/2

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D