Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

privilégio

Tumblr_la81klxuod1qbvtino1_500_large

 

Sou uma moça simples. Tenho os meus luxos, mínimos perto do Ronaldo. Sou simples. Fico feliz com um passeio de braço dado, com um sorriso debaixo da noite fria. Uma mão dentro do bolso do meu casaco junto à minha mão quente. Sentar perto do Tejo, ver pessoas contentes por estarem em Lisboa enquanto afastam gaivotas com os braços abertos. Encostar a cabeça no ombro de alguém e escutar o silêncio, sentindo o cheiro que se espalha. Caminhar na calçada portuguesa, lembrar do que foi feito no passado. Sou simples, a simplicidade costuma chegar. Já tive mais e não chegou.

 

Era pouco o tanto que tinha achando sempre que era o suficiente por não conhecer a simplicidade de ter tudo com pouco.

acontece-me todos os dias

Tumblr_lagk6rcmyl1qazmkwo1_500_large

 

Estou apaixonada por um cantor americano. Sério. É moreno, alto, tem um sorriso lindo, canta bem, tem estilo, usa chapéu, é uma graça de homem. Aposto que nos íamos dar bem. Sentada no sofá, tocava para mim enquanto eu fingia que ele estava exagerar e lhe pedia silêncio com um gesto sexy para conseguir ler um livro. Quem é? Pois, não posso dizer. Não quero que se apaixonem também. Seria uma chatice. E a probabilidade é alta. É lindo, o meu coração bate tal doido sempre que o vê no Youtube. Já tenho idade para ter juízo, mas não passo disto.

...

Tumblr_lab7ncyslr1qbzdmmo1_500_large

 

Gostava de agarrar em todos os meus amigos (os mais importantes, uns cinco,vá) e levá-los comigo até Leiria. Púnhamos as malas meio vazias no porta-bagagem, e voilá todos juntos com a música do rádio que não tenho, muito alta. Não tenho porque um grupo de ladrões gostou muito da marca. Adiante. Gostava de ir para a farra esta noite e deitar-me de manhã, a dizer parvoíces sem fim. Quando acordássemos pelas três da tarde íamos tomar o pequeno-almoço ao café porque ninguém tem paciência para ir ao Inter comprar seja o que for. Este seria o melhor princípio de fim-de-semana de Outubro mas aposto que não vai ser nada assim mas é uma questão de ir começando a convidar. Bora?

 

Crónica de Amor: fazes-me tão bem

 

 

Estamos tão perto, não sei como podes dizer que tens saudades se mesmo agora estiveste com a tua mão no meu cabelo. Já te estás a queixar antes do nosso até já. Dizes que só de saber que vou por instantes te dói. Eu agradeço o tanto da tua parte. O tanto que achas sempre pouco. Fazes-me sentir a pessoa mais importante no Mundo para alguém. Adoro-te por isso. Por me dares o que sempre precisei sem pedir. Sem gritar que quero, que tenho direito. É bom ser o centro de alguém, sem egoísmo. É bom sentir o aconchego do amor sem a loucura de não comer, não fazer mais nada e andar a morrer por dentro.Estou tão bem e só te posso agradecer, meu bem.

...

 

'Então queres ser escritor?

se não sai de ti a explodir
apesar de tudo,
não o faças.
a menos que saia sem perguntar do teu
coração da tua cabeça da tua boca
das tuas entranhas,
não o faças.
se tens que estar horas sentado
a olhar para um ecrã de computador
ou curvado sobre a tua
máquina de escrever
procurando as palavras,
não o faças.
se o fazes por dinheiro ou
fama,
não o faças.
se o fazes para teres
mulheres na tua cama,
não o faças.
se tens que te sentar e
reescrever uma e outra vez,
não o faças.
se dá trabalho só pensar em fazê-lo,
não o faças.
se tentas escrever como outros escreveram,
não o faças.

se tens que esperar para que saia de ti
a gritar,
então espera pacientemente.
se nunca sair de ti a gritar,
faz outra coisa.

se tens que o ler primeiro à tua mulher
ou namorada ou namorado
ou pais ou a quem quer que seja,
não estás preparado.

não sejas como muitos escritores,
não sejas como milhares de
pessoas que se consideram escritores,
não sejas chato nem aborrecido e
pedante, não te consumas com auto-
-devoção.
as bibliotecas de todo o mundo têm
bocejado até
adormecer
com os da tua espécie.
não sejas mais um.
não o faças.
a menos que saia da
tua alma como um míssil,
a menos que o estar parado
te leve à loucura ou
ao suicídio ou homicídio,
não o faças.
a menos que o sol dentro de ti
te queime as tripas,
não o faças.

quando chegar mesmo a altura,
e se foste escolhido,
vai acontecer
por si só e continuará a acontecer
até que tu morras ou morra em ti.

não há outra alternativa.

e nunca houve.'


Charles Bukowski


Pág. 1/3

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D