Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

A Mulher Certa

claudiaoliveira23[gmail]com

Amanhã viajo

 

Foto tirada do Google

 

Hoje faço a mala. Amanhã vou fazer uma viagem. 11:39 hora de partida em Lisboa.  Dura o fim de semana inteiro. Sigo de comboio e volto de comboio. O bilhete já está na minha pose. Guardado religiosamente na minha carteira. Vou conhecer uma cidade que não conheço. Ver ventos e agarrar-me a eles, para ser levada. Sei que venho cheia de novos pensamentos. Cheia de mim. O entusiasmo é grande. Se é. Quando voltar, não venho a mesma. Trago mais comigo. E quando partir, deixo tudo o que tenho para trás. E a Lua voltará. Cheia e robusta. Se os contratempos não existirem, lá estarei.

 

(segue sem mim...bjo)

 

(e imaginem.ontem inscrevi-me num curso.começa dentro em breve)

 

 

 

Quem diria...

 

Imagem do Google

 

Há coisas do caraças. Uns chamam destino ,outros chamam acaso. Não sei. Só sei que hoje não fico em casa. Vá, Cláudia não divagues. Só sei que ontem à noite estive no sitio certo, à hora certa, falei com a pessoa certa e ouvi as palavras certas. O quê? O quê? Isso nem às paredes confesso! Olhem que há realmente situações que mudam muito o nosso sentido de visão sobre as coisas e ontem foi assim. Aconteceu, por acaso. Mudei de opinião, de ideias e de caminho. Se as paredes soubessem o que me foi dito... Não sabem. E isso agora interessa muito!

 

 

 

 

 E quem diria... não é verdade?!

 

(soube tão bem!)

 

 

Sim, isto hoje em dia acontece

 

 

  

Imagem Google

 

 

 

Eu perdoei quando ele acabou comigo. Dei-lhe uma nova oportunidade. Uma semana (mais coisa, menos coisa) ele termina novamente comigo. Verdade, verdadeira. Foi ontem.

 

Como é que ele acabou comigo?

Atravês de uma mensagem no telemóvel por volta das 21 horas, enquanto jantava com a Marta.

O que dizia a mensagem?

"Segue sem mim...Bjo"

Tentei ligar e o que ele fez?

Não atendeu.

Voltei a ligar e o que ele fez?

Não atendeu.

Enviei-lhe uma mensagem para saber o que se passava. Voltei a receber uma mensagem a dizer : "Segue a tua vida."

Perguntei se ele estava acabar comigo. Respondeu afirmativamente.

Quais foram os motivos? A explicação?

Simplesmente leu o meu blog. E enviou-me uma mensagem a terminar o nosso namoro. 

 

Pronto, foi isto. Cobarde! Justificação mais reles!

 

Não há regras de "como terminar relacionamentos", mas há regras no tratamento com os seres humanos, a isso eu chamo respeito e isso não combina com cobardia. Não, não.

 

(ele sempre leu o meu blog, umas vezes mais, outras  menos)

 

 (e não me deixou explicar o que o ofendeu, porque nem isso soube dizer)

 

(INVENTOU UM PRETEXTO/UM MOTIVO QUALQUER SÓ PARA ME DESPACHAR, É TÃO TRISTE! POR SMS?!?wtf?)

 

(nada justifica aquela atitude! é que nada!)

Fartei-me

De chorar e de me lamentar. Porque já me cansou e secou por dentro. Fartei-me de mim triste e vazia. De correr em busca de nem sei bem o quê. E imaginar que afinal nem é isto que quero. Depois enquanto corro, mesmo com a chuva a cair sobre mim, sinto-me patética por voltar à mesma vida que nem gosto. Tento ficar mais tempo na rua, só para não me ver reflectida no espelho de minha casa. Ensopada, com lágrimas ou lá o que aquilo é. Fartei-me de me chatear com coisas que não me fazem feliz. Portanto, acabou o facto de me martirizar por algo que já não tem solução. Porque não tem. Porque já teve e nunca mais voltou a ter. Cansei-me de não comer, agora como. Fartei-me de não dormir, agora durmo. Fartei-me de fumar cigarros feita doida. Não ter momentos para mim. De não escrever como gostaria. Sim, vou voltar ao ataque (Cigana).

 

 

Percebi que tanta gente me valoriza, que gosta de mim e me quer ver bem. Ontem ao correr. Acho que foi ontem. Não, não é tarde. Nunca é tarde. E eu estou a tempo de recuperar tudo o que deitei fora. A minha natureza está cá, vou agarrá-la (TNT). Sempre, mas sempre seguindo o meu coração e principalmente quando este estiver virado para mim (Catita). Porque princesas existem (Bento), e esta até que não é má de todo (Ricardo) e só quer engordar e comer bem ( Nena/Viajante/R.L.). Afinal anda meio Mundo a sofrer por Amor (Li/Diana/Nena/Lilis) e eu fartei-me de o fazer.

 

 Amor não é isso minha gente! Começa tudo na nossa cabeça (Alfmaniak)!

 

(agradeço todos os emails, todos os comentários de apoio, cada palavra de incentivo, todos os gestos de carinho. Sim!foram muito importantes e são hoje e sempre)

 

(não, não me vão destruir a alma)

Para casar comigo

Tem de me amar muito. Não chega só amar, tem de estar apaixonado por mim. Ver para além dos meus olhos e perceber quem sou. Reparar no meu brilho mesmo no escuro. Aquela luz que poucos conseguem ver. Tem se saber que gosto de dançar e dançar comigo. Levar-me a experimentar tudo o que o Mundo tem de bom. Deitar-se a meu lado e saber que gosto de festas na cabeça. Principalmente quando quero adormecer. Que não gosto que me virem as costas quando preciso de uma cara à frente. Ou de uns ouvidos para me ouvir. Tem de saber que odeio jantar sozinha, mas que janto sozinha. Que sou uma eterna romântica e sonho com um amor ao mesmo nivel. Mesmo não sendo em Paris, mesmo sendo em Lisboa. Não precisa de ser como nos filmes, nem comos nos livros que gosto de ler. Tem de me puxar sempre para cima, quando o meu chão desaparece. Que desaparece. Não precisa de viver para mim, mas vive comigo mesmo não vivendo. Tem de perceber o significado de relacionamento e perceber o que digo para além do que digo. Para casar comigo tem de saber que sofri uma perda na minha infância e conhecer a importância dessa para mim. Tem de me acalmar com um abraço quando me enervo. Porque me enervo. Tem de mostrar interesse naquilo que escrevo, para ter cinco minutos de mim, para além do que digo. Tem de saber que tenho mau feitio, mas com jeitinho deixo de ter. Tem de me pendurar nos braços e saber deixar o orgulho de lado. Tem de me deixar que me entregue, aos poucos.  Não me pode mentir, e terá de ter à vontade para me contar tudo.

 

Para casar comigo, tem de saber principalmente que não me quero casar.

O que as perdas fazem

Tudo está relacionado com a nossa infância. O nosso presente é um reflexo do que se passou quando tudo era inocente. Sim, é verdade. Uma perda, famílias perturbadas, viver ao lado de situações de álcool ou droga, violência doméstica, divorcio, etc. Onde é que essas pessoas se refugiam? Muitas vezes no amor. Achando que aquilo sim é amor. Muitas vezes não é.

 

 

 

 

 

 

Uma perda. Muda a vida das pessoas. Sim, muito. Pelo menos a minha mudou. Devido a essa mesma perda, não lido bem com nenhum tipo de rejeição ou solidão. Vivo no medo de voltar a perder, de voltar a ficar sozinha. Agarro-me àquilo que tenho, pensando que é amor. Confundo tudo e afinal o que tenho medo é de ficar sozinha. Nada mais. Perguntam-me, porquê que estás com ele? És sadomasoquista? A resposta é:

 

Não, não sou. Há razões que a própria razão desconhece. Há respostas e eu estou perto de as encontrar.  

 

(sim, ontem jantei!)

Aqui a Claudia

começou a comer. a valer.

 

De manhã pão com manteiga e fiambre. Almoço arroz e dois rissois e uma banana. Admito que não comi tudo. Cheguei da hora de almoço comi outra banana. E já conto com seis ovos de chocolate, daqueles pequenos. Mesmo pequenos. Agora vou atacar os mini bolinhos. Não me posso esquecer de jantar, porque é aí que peco. Só porque não gosto de jantar sozinha. Tenho de jantar, tenho de jantar...

 

 

 

Não é para engordar? Então pronto.

Pág. 1/5

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D